Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Vale do Rio Doce troca CVRD por Vale em nova marca

A Companhia Vale do Rio Doce anunciará amanhã mudanças em sua marca, que deverá centrar o foco no nome pelo qual o grupo é conhecido no mercado: Vale. A fachada da sede da mineradora, no centro do Rio, já passou por mudanças para abrigar o novo logotipo - que ganhará iluminação verde e amarela, já que a idéia é reforçar a ligação da multinacional com o Brasil. A agência Africa, do publicitário Nizan Guanaes, é a responsável pela modernização da marca da empresa.As iniciais CVRD, que hoje fazem parte da logomarca da empresa, deverão ceder lugar à nova marca em todos os produtos ou materiais de divulgação da Vale - mas a mineradora não mudará de nome, como chegou a ser cogitado. De acordo com uma fonte que acompanha as mudanças, a questão, agora, é decidir o que fazer com a enorme quantidade de agendas, lápis, canetas e outros produtos que têm estampadas as iniciais CVRD. Seria, também, uma forma de desvincular o nome da Vale da época em que ela era estatal. Procuradas, a Africa e a Vale não quiseram se pronunciar.Amanhã, o presidente da Vale, Roger Agnelli, dará entrevista à imprensa para detalhar as mudanças. A reestruturação da marca e do logotipo da mineradora foi amplamente discutida pelos principais executivos da companhia em uma reunião realizada no fim de semana passado em um hotel da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio. A internacionalização da Vale, reforçada após a compra da mineradora canadense Inco, no ano passado, por cerca de US$ 18 bilhões, teve forte peso no processo de troca da marca. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE, Agencia Estado

28 de novembro de 2007 | 09h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.