Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Vale e Petrobrás perdem juntas R$ 124 bi em valor de mercado no ano

No total, as empresas brasileiras de capital aberto perderam R$ 265 bi em valor de mercado no 1º semestre

Marcelle Gutierrez, da Agência Estado,

28 de junho de 2013 | 16h52

SÃO PAULO - As empresas brasileiras de capital aberto tiveram uma queda de R$ 265,7 bilhões no valor de mercado no primeiro semestre de 2013 ante o final de 2012, de R$ 2,344 trilhões para R$ 2,078 trilhões, o que representa um recuo de 11,34%. Os dados foram divulgados pela Economática, que compila o valor de 300 companhias até o dia 27 de junho de 2013.

O destaque negativo ficou por conta da Vale e Petrobrás. A Vale teve uma perda de R$ 71,940 bilhões em valor de mercado, de R$ 215,110 bilhões para R$ 143,170 bilhões, o que representa uma queda de 33,44%. O segundo pior desempenho foi da Petrobrás, de R$ 254,852 bilhões para R$ 202,580 bilhões, o equivalente a uma perda nominal de R$ 52,272 bilhões e porcentual de 20,51%.

A Cielo apresenta o maior crescimento nominal em 2013, de R$ 5,77 bilhões, ao passar de R$ 37,292 bilhões em dezembro do ano passado para R$ 43,066 bilhões. Na variação porcentual, a Cielo avançou 15,48%. A segunda companhia com maior expansão é a BRF, com R$ 5,257 bilhões, de R$ 36,534 bilhões para R$ 41,791 bilhões, um aumento de 14,39% até o dia 27 de junho de 2013 em relação ao período até 31 de dezembro de 2012.

Entre os 22 setores da economia considerados no estudo da Economática, somente sete apresentaram crescimento do valor de mercado, com destaque para química, que evoluiu em termos nominais R$ 5,825 bilhões, de R$ 37,106 bilhões para R$ 42,931 bilhões, avanço de 15,70%. Outros setores com desempenho positivo foram o de software e dados, eletroeletrônicos, máquinas industriais, papel e celulose, veículos e peças e minerais não metálicos.

O setor com pior desempenho nos seis primeiros meses do ano, na comparação com o período finalizado em dezembro de 2012, foi de mineração, que obteve perda de R$ 74,009 bilhões, de R$ 220,998 bilhões para R$ 146,990 bilhões, queda de 33,49%.

Tudo o que sabemos sobre:
valepetrobrasbolsaacoeseconomatica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.