carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Vale eleva para US$ 89,3 bi oferta por mineradora anglo-suíça

Empresa brasileira acrescenta US$ 13,3 bi à proposta inicial pela Xstrata, que deve ser formalizada essa semana

Agência Estado,

21 de fevereiro de 2008 | 07h40

A Vale voltou a assediar na quarta-feira, 20, a mineradora anglo-suíça Xstrata ao apresentar uma nova oferta de compra. A companhia brasileira acrescentou US$ 13,3 bilhões à sua proposta inicial. O valor da oferta teria passado agora para US$ 89,3 bilhões, com parte do pagamento em ações preferenciais da mineradora brasileira, segundo especulações de mercado.  Até agora, as negociações correm em caráter informal, mas as apostas de analistas indicam uma formalização da proposta ainda esta semana. Na quarta-feira, havia rumores também de que a Anglo American faria uma oferta pela Xstrata.A expectativa é de que o negócio seja fechado. De qualquer forma, a Vale já tem pronto um plano B, desviando seu foco para outra empresa, caso a Glencore, maior acionista da Xstrata, recuse a proposta - a Vale tem um mapeamento completo das dez maiores mineradoras do mundo. A primeira proposta informal da Vale à Xstrata equivalia ao montante de US$ 76 bilhões, ou 40 libras esterlinas por ação. Os controladores da empresa pediam 50 libras por ação. A oferta atual corresponde a 47 libras por papel.A nova ofensiva sobre a Xstrata ocorre apenas dois dias depois do fechamento dos primeiros acordos da Vale com siderúrgicas asiáticas e européias elevando o preço de seu minério em 66,5%, em média (71% para o produzido em Carajás, no Pará, e 65% para o minério extraído das minas do complexo Sul-Sudeste).

Tudo o que sabemos sobre:
ValeXstrata

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.