Vale fecha acordo de licença remunerada com mais 2 sindicatos

Total de entidades que já aceitou a proposta da mineradora sobe para 10, totalizando 21,4 mil trabalhadores

Mônica Ciarelli, da Agência Estado

05 de fevereiro de 2009 | 19h20

A Vale informou que fechou nesta quinta-feira, 5,  com mais dois sindicatos acordo de licença remunerada de funcionários: o Sindiminas do Rio de Janeiro e o Simetal do Pará. Juntas, as duas entidades congregam 3,6 mil funcionários da Vale em seus quadros de associados. Com a inclusão desses dois sindicatos, o número total de entidades que já aceitou a proposta da mineradora sobe para 10, totalizando 21,4 mil trabalhadores.   Veja também: De olho nos sintomas da crise econômica  Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à crise    A companhia no Brasil, sem contar as empresas coligadas e controladas, tem uma folha de 38 mil funcionários. A proposta oferece licença remunerada com 50% do salário-base e o piso de R$ 856,00 previsto no acordo Coletivo de Trabalho de 2007/2009. Além disso, se compromete a manter, até 31 de maio de 2009, os empregos de quem aceitar o acordo.

Tudo o que sabemos sobre:
Valecrise nos EUAcrise internacional

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.