Vale: investimento na Inco será recuperado em 20 meses

O presidente da Vale, Roger Agnelli, calcula que o investimento total na aquisição da mineradora canadense Inco - cerca de US$ 18 bilhões (ou R$ 30 bilhões, pelo câmbio atual) - deva ser recuperado em 18 a 20 meses. Em 2007, a companhia já conseguiu receber da subsidiária US$ 7 bilhões, sendo US$ 2,2 bilhões em dividendos e o resto em receita com a venda de níquel.Segundo o executivo, a compra da Inco foi uma das melhores aquisições já feitas na indústria de mineração mundial. Logo que a companhia foi adquirida, os preços registraram forte alta e a Vale se beneficiou com consolidação da subsidiária.Agnelli lembrou que a alta no preço dos metais básicos ajudou outros projetos, como o da mina de cobre de Sossego, no Pará. Quando foi aprovado o projeto, a Vale projetava recuperar seus investimentos de US$ 440 milhões em 10 anos. Com a disparada no preço, o projeto acabou se pagando em um ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.