Vale nega negociação para financiamento de aquisição

A Vale negou notícias de que estaria negociando com bancos a obtenção de um pacote de financiamento de aquisições. Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa disse também que no momento não se encontra em negociação para compra de empresas.Matéria publicada hoje no jornal O Estado de S. Paulo diz que, segundo fontes ligadas à empresa, a Vale está costurando um pacote bilionário de financiamento com bancos. Conforme a matéria, fazem parte da operação seis dos oito bancos (HSBC, Santander, BNP, Royal Bank of Scotland, Citi e Credit Suisse) que apoiaram a Vale na tentativa frustrada de compra da mineradora anglo-suíça Xstrata, no início do ano. O texto diz ainda que também vão participar outras quatro instituições financeiras que não estavam presentes na negociação da Xstrata - Bradesco, Banco do Brasil, JP Morgan e Calyon. Na época da tentativa de compra da Xstrata, a Vale conseguiu empréstimos no valor de US$ 50 bilhões.No comunicado de hoje, a Vale lembra que anunciou publicamente em 12 de junho de 2008 que arquivou na CVM pedido de registro de distribuição pública primária de ações ordinárias e preferenciais classe A de sua emissão. A realização da oferta está sujeita à aprovação da CVM.

AE, Agencia Estado

19 de junho de 2008 | 13h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.