Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Vale pretende ampliar prazo da oferta pela Inco

A Companhia Vale do Rio Doce divulgou comunicado em que se diz satisfeita com o fato de o conselho de administração da Inco ter sugerido que seus acionistas aceitem a proposta de compra feita pela empresa brasileira. A Vale do Rio Doce ofereceu US$ 86, à vista, pelas ações ordinárias da companhia canadense. Apesar disso, anunciou que pedirá a ampliação do prazo do término da oferta. "Apesar do suporte da diretoria da Inco, a Vale ainda precisa obter vários pareceres regulatórios no Canadá e na Europa antes da conclusão do processo de oferta", ressalva o texto.A intenção da mineradora é postergar a data de término da oferta do dia 28 de setembro, quinta-feira, para o dia 16 de outubro, segunda. O objetivo do adiamento seria "fornecer tempo adicional para obter os benefícios líquidos ("net benefit ruling"), em acordo com o "Investment Canada Act", e também permitir o término do período da primeira fase (Phase I) conforme o EC Merger Regulation.""Todos os demais termos e condições relativos à oferta da CVRD permanecerão inalterados. A CVRD enviará notícia formal informando a alteração e extensão aos detentores de títulos emitidos pela Inco logo que possível", diz a nota.Este comunicado, continua o texto, pode ser considerado como uma solicitação formal em relação à proposta da Vale de oferta de compra das ações da Inco.No dia 14 de agosto de 2006, a mineradora brasileira registrou a oferta no Schedule TO (contendo uma proposta circular de oferta de compra das ações) na Securities and Exchange Commission (SEC) dos Estados Unidos. A Vale, caso solicitada, vai registrar outros documentos sobre a proposta caso seja solicitada pela SEC.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.