Vale prevê negociação longa para reajuste do minério

O presidente da Vale, Roger Agnelli, previu hoje uma negociação mais longa com as siderúrgicas este ano para o reajuste no preço do minério de ferro, que irá vigorar em 2008. "A minha expectativa é que podem ser (as negociações) mais longas. Mas estamos preparados para isso", disse. O executivo lembrou que a demanda por minério de ferro continua forte, puxada principalmente pela China.Segundo Agnelli, o setor atravessa um momento único com o mercado à vista (spot) negociando a commodity a preços muito elevados. Há dois anos, lembrou o executivo, praticamente não havia mercado à vista para negociação de minério de ferro. Hoje, ele já movimenta mais de 300 milhões de toneladas. Para ele, essa disparidade entre os preços no mercado spot e os fechados por contrato é muito grande, e precisa ser corrigida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.