coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Vale prevê novo recorde de venda de minério de ferro em 2002

O diretor da área de mineração da Vale do Rio Doce, Armando de Oliveira Santos, previu hoje que a empresa deve registrar em 2002 um novo recorde de venda de minério de ferro. Segundo ele, as vendas da companhias deverão aumentar entre 1% e 2% sobre o volume já recorde de 2001, quando a Vale exportou 103 milhões de toneladas, além de 19,5 milhões de toneladas vendidas no mercado interno brasileiro. Esses números só incluem as vendas da companhia, e não das subsidiárias. O diretor afirmou que o negócio da Vale não será afetado pela decisão do governo norte-americano de impor tarifas e cotas para a importação de aço. Segundo ele, as restrições tarifárias dos EUA não incluem as vendas de minério de ferro portanto não afetará nem o preço nem o volume de vendas do produto pela Vale. Neste ano, a companhia vai embarcar o que estava programado para os EUA, contou. O diretor, no entanto, criticou a decisão do governo norte-americano, uma vez que vai atrasar mais ainda a tão necessária reestruturação da indústria de aço dos EUA. O presidente do conselho de administração da Vale do Rio Doce, Luiz Tarquínio Sardinha Ferro, disse que a companhia continua analisando todas as oportunidades de aquisições. "Mas não vamos sair comprando o que aparecer apenas por um desejo de aumentar o patrimônio da companhia. Vamos fazer aquisições que façam sentido com o nosso negócio e dêem um retorno semelhante ao que temos com nossas operações", afirmou em entrevista coletiva em Nova York. Segundo ele, o orçamento de US$ 3,2 bilhões já aprovado pelo conselho para investimentos até 2010 refere-se apenas a projetos de expansão de produção, e não inclui aquisições. Tarquínio afirmou que, dependendo de cada caso, a empresa está capitalizada suficientemente e gera bastante caixa para o negócio. "Caso venhamos a decidir a fazer uma aquisição, podemos alavancar os nossos recursos com alguma captação."

Agencia Estado,

21 de março de 2002 | 18h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.