Vale: produção de minério será 50% maior em 2012

O diretor-executivo de Finanças da Vale, Fábio Barbosa, disse hoje que na visão da companhia, mesmo com a crise financeira internacional, considerada de curto prazo, "o mundo vai continuar fundamentalmente benigno". O executivo afirmou que em 2012 a produção da empresa de minério de ferro será 50% maior que em 2007 e as produções de cobre e nível serão dobradas no mesmo período.Barbosa listou alguns desafios para a oferta de metais e minérios, entre os quais a demora na liberação de licenças ambientais e ressaltou que esta não é uma dificuldade exclusiva do Brasil. "O resultado concreto é a ameaça de inflação global", afirmou. Ele comentou que a China ainda não atingiu a metade do padrão de consumo de metais que os Estados Unidos e a Inglaterra tinham nos anos 70. "Se a Índia acelerar seu crescimento teremos um problema gravíssimo de oferta", disse. O executivo vê fundamentos para a continuidade do aumento do consumo de minérios e metais. Barbosa apresentou palestra no seminário "Cenários da Economia Brasileira e Mundial em 2008", no Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.