Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Vale reajusta minério de ferro em 9%

A Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) anunciou hoje que concluiu as negociações com a siderúrgica Arcelor para o preço do minério de ferro relativo aos contratos de 2003/2004. Segundo a mineradora, os preços foram reajustados em 9%, com o minério de ferro fino de Carajás cotado a US$ 0,3195 por unidade de ferro.Segundo a empresa, este acordo foi alcançado após várias rodadas de negociações iniciadas em dezembro de 2002. A expectativa da Vale é de que as vendas para a Arcelor em 2003 sejam superiores a 16 milhões de toneladas. As negociações normalmente são baseadas no desempenho do setor siderúrgico no ano anterior, além das perspectivas da economia mundial e outros indicadores.AvaliaçãoNa avaliação da corretora HSBC Research, o reajuste deve servir de referência para os demais clientes na Europa. Segundo a corretora, os reajustes devem surpreender o mercado positivamente, pois se estima que o consenso dentre os analistas situa-se no intervalo de 5% a 7% para a média de preços deste ano, comparativamente ao praticado em 2002."Apesar de a companhia não ter informado quanto às negociações de preço para o fornecimento de pelotas, que em 2002 estavam cotadas a US$ 0,4736 por unidade de ferro, podemos inferir que a maior demanda verificada nos últimos trimestres pode levar a Vale a auferir aumento mais significativo para esse produto, mais do que compensando a redução de preço percebida na negociação do ano passado, de 5,5% sobre os preços-base de 2001", afirma a análise. Segundo documento divulgado hoje, o mesmo pode ser dito quanto ao minério proveniente do Sistema Sul (SSF), cuja cotação no exercício passado era de US$ 0,2862 por unidade de ferro. "Apesar de o reajuste anunciado de 9% ter ficado abaixo da expectativa dos executivos da Vale, de 12,6% para a média de preços em 2002, salientamos que esse percentual está em linha com nossa expectativa, de cerca de 10% para o corrente exercício", afirma a corretora.

Agencia Estado,

19 de maio de 2003 | 13h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.