Vale recebe sinal verde para lançar ações na China

Conselho de administração da empresa aprova listagem dos papéis na bolsa de Hong Kong, mas processo pode ser concluído só no fim do ano

Alexandre Rodrigues / RIO, O Estado de S.Paulo

24 de setembro de 2010 | 00h00

A Vale informou que vai se tornar a primeira grande empresa brasileira a ter ações negociadas na bolsa de Hong Kong, na China. Além disso, a companhia vai recomprar US$ 2 bilhões em ações e planeja pagar dividendos extras de US$ 1,5 bilhão em outubro deste ano e em janeiro de 2011.

Em comunicado divulgado no início da noite, a empresa informou que a listagem das ações na Hong Kong Stock Exchange (HKEx) foi aprovada pelo conselho de administração da companhia. O objetivo é aumentar a liquidez das ações com a entrada no mercado asiático, que é o principal mercado da Vale. Atualmente, além da Bolsa de São Paulo (Bovespa), a empresa tem ações listadas nas bolsas de Nova York, Madri e Paris.

O conselho também aprovou o programa de recompra de ações no valor de US$ 2 bilhões, cujo principal objetivo é enxugar o número de papéis da empresa no mercado e impulsionar a valorização. Ainda em favor dos acionistas, a diretoria executiva da Vale aprovou a proposta de pagamento de US$ 1,75 bilhão na sua segunda distribuição de dividendos, no mês que vem.

O valor supera em US$ 500 milhões os US$ 1,25 bilhão previstos para a segunda parcela em maio, quando foi paga a primeira parcela da remuneração aos acionistas que estava prevista para totalizar US$ 2,5 bilhão este ano. A proposta ainda será submetida ao conselho. A diretoria ainda aprovou uma segunda proposta de remuneração extra aos acionistas, no valor de R$ 1 bilhão em janeiro de 2011. Com isso, os rendimentos dos acionistas em decorrência do ano fiscal de 2010 pode chegar a US$ 4 bilhões.

Esta outra proposta de pagamento extra só será enviada ao conselho em janeiro e visa a remunerar os acionistas com parte do valor a ser recebido pela Vale com a venda de ativos de alumínio e bauxita para a norueguesa Norsk Hydro. Anunciado em maio, o negócio de US$ 4,9 bilhões será concretizado no fim deste ano, diz a companhia.

As ações anunciadas pela Vale, segundo a empresa, têm em comum esforço em favor da remuneração dos acionistas. Além do pagamento de dividendos extras, a empresa ajuda a valorização e a liquidez dos papéis com o programa de recompra de ações e a listagem em Hong Kong.

"A Ásia se constitui de forma crescente no principal mercado para nossos produtos. A decisão de listar as ações na bolsa de Hong Kong sob a forma de certificados de depósito e utilizando as ações hoje em circulação, implicará na exposição direta da Vale ao mercado de capitais asiático, de dimensões consideráveis e o que mais se expande no mundo, com a expectativa de reflexos positivos sobre a liquidez, base de acionistas e precificação de nossas ações", diz a nota da Vale.

A mineradora informou ainda que o processo de listagem das ações na bolsa chinesa depende ainda da aprovação dos órgãos de regulação locais. A expectativa da companhia é finalizá-lo até o fim deste ano.

}

Benefícios

US$ 1,5 bi

é quanto a Vale planeja pagar em dividendos extras aos seus acionistas em outubro deste ano e em janeiro de 2011

US$ 2 bi

é o valor do programa de recompra de ações aprovado pelo conselho para enxugar o número de papéis da empresa no mercado

US$ 4 bi

é o quanto podem chegar os rendimentos dos acionistas em decorrência do ano fiscal de 2010

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.