Vale sobe e Petrobras cai em ranking de valor de mercado

A Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) subiu mais de 100 posições no último ranking de valor de mercado feito pelo jornal britânico Financial Times com base no preço da empresa na Bolsa de Nova York. A mineradora, que ocupava o 446º lugar no ano passado, terminou março na 334 ª posição, com um valor de US$ 10,496 bilhões. Apenas a Vale e a Petrobras aparece na lista das 500 maiores companhias por valor de mercado do mundo feito pelo jornal. A estatal de petróleo caiu da 163ª posição para a 214ª.O diretor de Planejamento e Gestão da Vale, Gabriel Stoliar, disse que tem planos de atingir um valor de mercado entre US$ 20 bilhões e US$ 30 bilhões, patamar onde estão as três principais mineradoras do mundo. Segundo ele, o potencial de crescimento da companhia é grande e o mercado já está antecipando essa tendência ao valorizar o preço da ação nas bolsas de valores. ?Temos um plano concreto de crescimento, com investimento de US$ 6 bilhões para mais do que dobrar a geração de caixa?, afirma.O diretor acredita que a mineradora ainda sofre por ser uma empresa de país emergente na hora de ser avaliada pelos analistas financeiros. Ele avalia que se não fosse pelo elevado risco Brasil, a Vale poderia ocupar uma posição ainda melhor no ranking. ?Ainda levamos desvantagens contra um concorrente australiano?, disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.