seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Vale: sucesso deve reduzir custo de captações

O presidente do Conselho de Administração da Vale do Rio Doce, Luiz Tarquínio Sardinha Ferro, disse que o sucesso da operação de oferta global das ações ordinárias da empresa deverá resultar numa redução do custo das futuras captações pela companhia no mercado internacional. "O lançamento do ADR nível 3 aumentou significativamente a base de investidores da Vale. O acompanhamento dos papéis por um leque maior de aplicadores certamente reduzirá o prêmio de risco que esses investidores exigirão da Vale em futuras operações", afirmou Tarquínio em entrevista coletiva em Nova York. Ele encerrará o pregão de hoje da Bolsa de Nova York (Nyse), tocando o sino de fechamento no dia em que os ADRs nível 3 estrearam.O diretor executivo da Vale, Gabriel Stoliar, ressaltou que a empresa já tem um dos custos de captação mais baixos entre as companhias brasileiras. Ele lembrou que há 15 dias a Vale fez uma captação de cinco anos de US$ 300 milhões pagando 450 pontos-base acima dos títulos do Tesouro norte-americano. "Mas o nosso custo ainda fica limitado ao risco Brasil, embora uma operação como o ADR nível 3, mesmo que de forma indireta, ajude a melhorar a percepção do risco intrínseco da empresa", disse.Tarquínio afirmou que a liquidez dos papéis da Vale deverá aumentar significativamente, principalmente porque o free float das ações ON passou de 12% para 60%. Ele também disse que a oferta global também representa a conclusão do processo de privatização da Vale, iniciado em maio de 1997.

Agencia Estado,

21 de março de 2002 | 18h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.