Vale tem acesso privilegiado a crédito, diz diretor

O diretor-executivo de Finanças da Vale, Fábio Barbosa, admitiu hoje que a crise financeira nos Estados Unidos deixou o mercado mais "rigoroso" na concessão de crédito. Segundo ele, esse cenário não deve se alterar no curto prazo. Ele ressaltou, porém, que a Vale possui uma situação "privilegiada" de acesso a crédito, mesmo no atual momento de turbulência. Barbosa lembrou que a maior dificuldade em captações pode ser percebida pela redução no volume de ofertas públicas iniciais de ações (IPOs) nos últimos meses. "Hoje, para qualquer empresa, o mercado está menos favorável do que no passado."Barbosa afirmou que o financiamento para possíveis aquisições é tratado no mercado de maneira diferenciada. O diretor não quis adiantar como andam as negociações para compra da mineradora anglo-suíça Xstrata. Desde o início do ano, a Vale tenta adquirir a quinta maior empresa do setor no mundo. Se o negócio for fechado, a companhia brasileira se tornará a maior mineradora do mundo. Barbosa participou hoje do seminário Cenários da Economia Brasileira e Mundial em 2008.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.