Vale teria levantado US$ 71 bi para comprar a Xstrata

A mineradora brasileira Vale conseguiu levantar no mercado financeiro US$ 71 bilhões para a compra da Xstrata, quase a totalidade do valor de venda da empresa anglo-suíça, estimado entre US$ 80 bilhões e US$ 90 bilhões. A afirmação é de uma fonte próxima às negociações. Desde janeiro, a Vale tinha garantido com um grupo de oito bancos um empréstimo de US$ 50 bilhões para a operação. Mas, nas últimas semanas, outros nove bancos ofereceram à companhia brasileira um reforço adicional de US$ 21 bilhões para financiar a compra da quinta maior mineradora mundial.Segundo a fonte, o volume adicional deu respaldo à estrutura financeira da operação. O grande problema, segundo a fonte, não foi o valor do negócios, mas os interesses comerciais da Glencore, principal acionista da Xstrata.Ontem, o próprio presidente da Vale, Roger Agnelli, afirmou que o "preço não foi o problema". E revelou que os executivos da Xstrata e da Glencore não gostavam de ceder. Agnelli explicou que o grande entrave às negociações foi a exigência da Glencore em manter direitos sobre a comercialização de minérios, cláusula que a Vale não aceitava.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.