Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Valim deixa Experian para presidir Oi

Comunicado interno da empresa de informações de crédito anunciou saída do executivo, que substituirá Luiz Eduardo Falco

Renato Cruz, O Estado de S.Paulo

29 de maio de 2011 | 00h00

O executivo Francisco Valim deixou na semana passada o cargo de presidente da Experian para Europa, Oriente Médio, África e América Latina para assumir o comando da Oi. Valim substituirá Luiz Eduardo Falco na presidência da companhia brasileira. Falco deixa o cargo em junho.

"Quero anunciar a vocês que Francisco Valim decidiu aceitar uma proposta para ocupar a posição de CEO da Oi, uma das maiores empresas de telecomunicações do Brasil e um importante cliente estratégico da Experian", informou Don Robert, presidente mundial da Experian, em comunicado aos funcionários. "A Oi é listada na Bolsa de Valores de São Paulo e este anúncio reflete a trajetória excepcional de Valim como executivo. Valim já atuou como CFO da Oi (antiga Telemar), portanto ele conhece o negócio muito bem."

A Oi preferiu não comentar o assunto. Segundo uma fonte dos controladores da Oi, em até 10 dias, haverá uma reunião de acionistas para formalizar o nome de Valim como presidente da empresa. "Não vejo grandes problemas na aprovação, já que é um nome que foi bem consolidado entre os acionistas", disse a fonte. "Vamos cumprir nossas formalidades e fazer o anúncio ao mercado."

A reunião de acionistas pode acontecer ainda esta semana. Apesar de a saída de Falco estar prevista para o fim de junho, Valim deve assumir o cargo somente em setembro. "Nessa interinidade de 60 dias, Valim, caso tudo ande bem, já começa a interagir com a equipe e a traçar os planos", afirmou a fonte. "O nome dele agradou a todo mundo."

Experiência. Antes de ingressar na Experian, Valim foi presidente da Net, diretor financeiro da Oi e vice-presidente da RBS. Na quinta-feira à tarde, houve uma videoconferência da matriz com diretores regionais para anunciar a saída de Valim e, no dia seguinte, o comunicado foi disparado para os funcionários por e-mail. Procurada, a assessoria de imprensa da Experian não retornou os contatos.

"Desde que ingressou na Experian, em 2008, a visão e a liderança de Valim têm levado a resultados excelentes em nossos negócios na América Latina, no Reino Unido e na Emea (Europa, Oriente Médio e África)", escreveu Don Robert, no e-mail. "Seu papel foi fundamental para a bem-sucedida integração da Serasa após a aquisição pela Experian e, durante os últimos 18 meses, contribuiu significativamente para trazer foco e direção aos nossos negócios no Reino Unido e na Emea."

A Experian informou aos seus funcionários que Valim retornará de Londres, onde é a sede da empresa, para o Brasil durante o segundo trimestre fiscal da companhia, que vai de julho a setembro. As regiões comandadas por Valim passam a reportar diretamente para Chris Callero, diretor executivo e de operações da empresa, segundo o comunicado, até que sejam anunciados os novos executivos.

"Peço que se juntem a mim para desejar a Valim todo o sucesso na Oi", finalizou Robert. "Ele contribuiu fortemente para o sucesso do nosso negócio e será sempre um grande amigo da Experian." Valim volta à Oi num momento em que a empresa passa por grandes mudanças, e tem como desafio fazer com que a operadora retome a rentabilidade e o crescimento.

PARA LEMBRAR

A Oi passa por grandes mudanças. Na semana passada, anunciou uma reestruturação societária, para reduzir o número de ações negociadas no mercado.

No fim de 2010, foi criado o cargo de diretor de operações, ocupado por James Meaney, que veio da Contax, empresa de centrais de atendimento do grupo.

Em março, a Portugal Telecom finalizou a compra de 25,6% de participação direta e indireta na companhia brasileira, pagando R$ 8,32 bilhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.