Valim deixa o comando da Net

A operadora de TV por assinatura Net anunciou ontem a saída de seu diretor-geral, Francisco Valim. Em nota, a empresa informou que Valim "optou por buscar outros desafios profissionais ao concluir que havia cumprido sua missão dentro da empresa". O novo diretor-geral da Net será José Antonio Guaraldi Felix, que ocupa atualmente o cargo de diretor-executivo de operações da empresa. Com passagem pela RBS, Felix faz parte da equipe montada por Valim logo depois de assumir a direção da Net.Valim se tornou o principal executivo da Net quando a empresa saía de uma crise financeira grave, encerrada com a renegociação da dívida e com a entrada da Embratel no controle da empresa. No final de 2002, pouco antes de o executivo assumir o comando da empresa, a Net acumulava um prejuízo equivalente ao seu endividamento líquido, da ordem de R$ 1,2 bilhão. Na época, contava com 1,3 milhão de assinantes de TV paga e 57,8 mil de banda larga. Três anos depois, no encerramento de 2005, a companhia registrou seu primeiro lucro anual, de R$ 45,4 milhões, suas responsabilidades financeiras líquidas estavam em R$ 385 milhões, e o total de usuários na TV subira para 1,6 milhão e do Vírtua, a 532 mil. Valim ficou conhecido também por não ter papas na língua. Defensor ardoroso do modelo triple play (que combina TV por assinatura, internet banda larga e serviços de telefonia), o executivo comprou grandes brigas com as empresas de telefonia - que queriam evitar a concorrência em sua área. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.