coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Valor da produção agrícola cresce 2,9% em 2006, mostra IBGE

Cultivo de cana-de-açúcar, café e laranja impulsionam produção brasileira; São Paulo lidera

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

17 de outubro de 2007 | 10h24

O valor da produção agrícola brasileira cresceu 2,9% em 2006 em relação ao ano anterior, o que significa um aumento de R$ 2,8 bilhões de um ano para o outro, impulsionado especialmente pelo cultivo de cana-de-açúcar, café e laranja. O valor da produção total em 2006 foi de R$ 98,3 bilhões. Os dados constam da Pesquisa Agrícola Municipal (PAM), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), relativa a 2006. Os técnicos do instituto destacam que a cana-de-açúcar recebeu grandes investimentos nos últimos anos, para atender à crescente demanda de álcool no mercado interno e externo.  O esforço mundial para reduzir a dependência do petróleo e a poluição, segundo os técnicos, levou a um valor de produção de R$ 17 bilhões para esse produto em 2006, volume R$ 3,8 bilhões, ou 29,1% superior ao alcançado no ano anterior. No café, o aumento do valor da produção no período foi de 37,1% e, na laranja, de 33,1%. Outros destaques de expansão do valor ficaram com a banana (15,1%), maçã (77,5%) e melão (34,2%). Os produtos que registraram queda no valor de produção em 2006, em relação a 2005, foram especialmente a soja (-15,1%), arroz em casca (-14,1%), fumo em folha (-4,3%), algodão herbáceo (-53,4%) e trigo em grão (-29,4%).  Clima Em 2006, segundo a pesquisa, as 63 culturas investigadas pela PAM ocuparam uma área de 62.352.696 hectares. A agricultura brasileira vem sendo afetada há alguns anos por questões econômicas e climáticas, levando à redução do valor de produção de várias culturas em 2006 ante o ano anterior, apesar do aumento global (na soma de todas as culturas) de 2,9% no valor no período. Regiões O Estado de São Paulo manteve a liderança na participação no valor da produção agrícola brasileira em 2006, com 20,3% do total, segundo o IBGE.  Os demais líderes na participação no valor total da produção agrícola do País são os Estados de Minas Gerais (12,3%), Rio Grande do Sul (11,9%), Paraná (11,9%), Mato Grosso (8,1%) e Bahia (7%).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.