Valor de mercado da IBM ultrapassa o da Microsoft

O valor de mercado da IBM ultrapassou o da Microsoft pela primeira vez desde 1996, segundo a Agência Bloomberg. Com isso, a IBM tornou-se a segunda empresa mais valiosa do setor de tecnologia, depois da Apple.

NOVA YORK, O Estado de S.Paulo

30 de setembro de 2011 | 03h05

Ontem, o valor da IBM atingiu US$ 214 bilhões, enquanto o da Microsoft caiu para US$ 213,2 bilhões. De acordo com a agência, os números refletem as mudanças pelas quais vem passando o mercado de tecnologia, com a perda de importância dos microcomputadores e o crescimento de outros dispositivos, como tablets e smartphones.

Há seis anos, a IBM vendeu para a chinesa Lenovo as suas fábricas de PCs, para se concentrar em serviços e software para empresas. A Microsoft tem operações importantes em áreas como videogames, com o Xbox 360, e internet, com o buscador Bing, mas a maior parte de seu faturamento ainda vem do sistema operacional Windows e da suíte de aplicativos Office, para PCs.

De acordo com os dados da Bloomberg, as ações da IBM subiram 22% este ano, enquanto as da Microsoft caíram 8,8%. Em janeiro de 2000, a Microsoft valia três vezes mais que a IBM e, em julho do mesmo ano, tinha um valor de mercado de US$ 430 bilhões.

A mudança de foco do mercado de tecnologia dos PCs para tablets e smartphones também tem afetado outras empresas tradicionais. A HP, maior fabricante de PCs do mundo, trocou duas vezes de presidente em um ano, e estuda vender sua unidade de fabricação de microcomputadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.