Varejo online fatura 21% mais no 1º semestre

De janeiro a junho, as vendas do comércio eletrônico brasileiro somaram R$ 10,2 bilhões, um crescimento de 21% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com a 26.ª edição do Relatório WebShoppers, realizado pela consultoria e-bit, com o apoio da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Câmara-e.net).

VANESSA STECANELLA, O Estado de S.Paulo

23 de agosto de 2012 | 03h07

De acordo com o relatório, 1,3% das compras online entre janeiro e junho foram realizadas por meio de aparelhos móveis, sejam eles smartphones ou tablets. No mesmo período de 2011, esse indicador era de apenas 0,3%. "Esse crescimento, que parece insignificante, mostra o quando ainda temos de oportunidade para expandir. Essa onda só cresce", disse Leonardo Palhares, vice-presidente de estratégias da Câmara-e.net.

A maioria dosconsumidores que utilizam smartphones e tablets para comprar pela internet são mulheres, com 53% de participação, segundo a pesquisa. No mercado geral (pessoas que efetuaram compras pela internet) a divisão é mais equilibrada: 50% de homens e 50% de mulheres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.