Varejo online no Natal pode alcançar R$ 970,3 milhões

A E-Consulting® e a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Camara-e.net) anunciaram a previsão para o índice de varejo online (VOL) no mercado brasileiro no Natal de 2004. O VOL representa a soma dos volumes de transações de automóveis, turismo e bens de consumo (lojas virtuais e leilões para pessoa física). O índice deve chegar a R$ 970,3 milhões, valor 42% superior ao movimentado no Natal do ano passado e correspondente a 3,6% do varejo total no país.Segundo Cid Torquato, diretor-executivo da Camara-e.net, ?O Brasil não pode mais se dar ao luxo de não pensar neste mercado como fundamental para seu desenvolvimento. A inclusão das micro, pequena e média empresas no comércio eletrônico vem ganhando força e eficiência nos processos transacionais e começam a ganhar destaque nesse cenário. Os números do VOL, tendo os bens de consumo com grande parcela do crescimento nas vendas, mostram que o espaço para as pequenas lojas segmentadas pode crescer muito?.Daniel Domeneghetti, diretor de Estratégia e Conhecimento da E-Consulting e vice-presidente de Conhecimento e Métricas da Camara-e.net afirma que ?o Natal é uma época especial para o varejo online, seja nas promoções de final de ano das montadoras, seja porque é época de viagens de turismo, seja porque é época de compra dos bens de consumo altamente propícios de serem vendidos pela Web. Este ano, o comércio eletrônico definitivamente ganhou o peso mercadológico que merece, principalmente por conta dos benefícios cada vez mais percebidos pelo e-consumidor, tais como comodidade, economia, praticidade, rapidez, segurança, diversidade, comparatividade, etc. Ainda melhor que esse processo veio aliado ao crescimento da economia brasileira como um todo?.Os números por setor - O setor de automóveis deve totalizar R$ 543,3 milhões neste ano, aumento de 25,9% em relação ao mesmo período de 2003. As montadoras e revendedoras de veículos serão responsáveis por 56% do total do VOL.O VOL-Turismo e o VOL-Bens de Consumo (VOL-Sem Autos) movimentarão em dezembro, respectivamente, R$ 170,7 milhões e R$ 257 milhões, um crescimento de 51% frente aos R$ 169,66 verificados no Natal de 2003. O VOL-Turismo representará 17,6% do total do VOL Natal 2004, enquanto o VOL-Bens de Consumo será responsável por 26,4%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.