Varejo vende mais no primeiro trimestre

O mercado varejista vendeu mais no primeiro trimestre de 2006, tomando como base o mesmo período do ano passado, principalmente por conta do bom desempenho do setor de Hipermercados. Segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a alta foi de 5,04% no volume de produtos e de 7,78% em dinheiro. O crescimento no volume de vendas dos três últimos meses de 2005 havia sido de 4,58%. O grupo, que compreende os setores de supermercado, produtos alimentícios, bebidas e fumo, passou de alta de 1,83% para 5,19% nos dois últimos trimestres, no que diz respeito ao volume de vendas. Segundo técnicos do IBGE no documento de divulgação, a maioria das atividades que compõem o varejo não teve o mesmo comportamento. Houve redução na taxa trimestral de desempenho em Tecidos, vestuário e calçados, de 8,49% para 4,93%; Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos, de 9,31% para 5,67%; Equipamentos e material de escritório, informática, e comunicação, de 77,65% para 55,38%; Outros artigos de uso pessoal e doméstico, de 16,35% para 12,51%; e em Livros, jornais, revistas e papelaria, de 0,01% para -1,53%. Março Em março, o comércio varejista permaneceu praticamente estável, tomando como base o desempenho de fevereiro. No terceiro mês do ano houve queda de 0,10% no volume de produtos, ao passo que a receita nominal diminuiu em 0,19%.Na comparação com o mesmo período do ano passado, o volume de vendas cresceu 3,01% e, o montante em dinheiro, aumentou 5,68%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.