Varig anuncia hoje mais um investidor

A Varig informou que entregará hoje ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) o nome do investidor que vai participar do processo de recuperação judicial da companhia. Estão no páreo seis grupos: a estatal portuguesa de aviação TAP; o fundo americano de investimentos Matlin Patterson; a OceanAir, do empresário German Efromovich; a Docas Investimentos, do empresário Nelson Tanure; o Trabalhadores do Grupo Varig (TGV) e a empresa francesa de manutenção ATS. A empresa convocou uma entrevista coletiva hoje, às 18 horas, na sede da empresa, próxima ao aeroporto Santos Dumont, no Rio, para anunciar o grupo investidor que participará de sua reestruturação financeira. Participarão da entrevista o presidente-executivo, Omar Carneiro da Cunha, e o presidente do conselho de Administração, David Zylbersztajn. Veja as propostas já anunciadas: OPERAÇÃO DE SALVAMENTO Propostas para recuperação da Varig já apresentadas TAP US$ 500 milhões no médio prazo, por 20% do controle da empresa, sendo US$ 200 milhões da própria TAP e o restante de outros investidores Fundo Matlin Patterson US$ 103 milhões pelo controle da VarigLog, braço de logística do grupo, sendo US$ 38 milhões no curto prazo e o restante por meio de antecipação de recebíveis BNDES US$ 62 milhões para pagamento de dívidas com empresa de leasing de aviões. O banco entraria com dois terços dos recursos. Atrasos com leasing, porém, já passam de US$ 70 milhões Nelson Tanure (Docas) US$ 130 milhões, sendo US$ 40 milhões por meio de antecipação de recebíveis, e US$ 90 milhões, via subscrição de ações da Docas TGV US$ 700 milhões via operação de recebíveis, poupança previdenciária dos aeronautas e aportes de recursos de credores e investidores

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.