bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Varig cancela 67 vôos; juíz decide sobre a oferta da Volo

A Varig cancelou 67 vôos dos 117 que estavam programados pela empresa até às 8h desta segunda-feira. Isso significa uma taxa de cancelamento de 57%. Do total, 58 vôos eram domésticos e nove internacionais. A empresa aguarda uma palavra do juiz da 8ª Vara de Justiça Empresarial do Rio de Janeiro, Luiz Roberto Ayoub sobre a oferta da Volo para adquirir o controle da companhia. A situação pode se agravar ainda mais, pois termina nesta segunda-feira a vigência do acordo entre a companhia aérea e a BR Distribuidora, que garantia o combustível para os aviões.VarigLogNa noite da última sexta-feira, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou a operação de compra da VarigLog, a ex-subsidiária de transporte de carga e de logística da Varig, pela Volo do Brasil. O pedido havia sido feito em dezembro do ano passado. Com isso, é possível que o juiz aceite o pedido de compra da Varig feito pela VarigLog, no valor aproximado de US$ 500 milhões. Os Trabalhadores do Grupo Varig (TGV), que haviam oferecido US$ 449 milhões pela companhia, não conseguiram depositar os US$ 75 milhões referentes ao sinal, que oficializariam a venda da companhia aérea. Ayoub informou que, diante do não pagamento do TGV, o futuro da empresa será decidido nesta semana entre três alternativas: falência, um novo leilão ou a convocação de uma assembléia de credores para avaliar novas propostas.Esta matéria foi alterada às 13h29 do dia 26/06.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.