Varig confirma que planos para capitalização estão adiantados

O vice-presidente de Planejamento e Comercial da Varig, Alberto Fajerman, disse hoje que as negociações para uma capitalização na empresa estão "bastante adiantadas" e confirmou que poderá haver a eleição de novos membros do conselho de administração da empresa na assembléia do próximo dia 7. O executivo explicou que a reunião foi originalmente convocada para examinar os números da empresa e informou que a escolha de novos conselheiros foi incluída também na pauta da reunião. Na semana passada circularam rumores de que o presidente do conselho Joaquim Santos e os conselheiros Harro Fouquet e Eduardo Araújo teriam colocado seus cargos à disposição. Fajerman comentou apenas que os três são os conselheiros "internos" da Varig. Questionado se seria possível ter logo um novo controlador até a próxima assembléia, ele indicou que os trabalhos estão sendo feitos para que haja uma solução o quanto antes. Mercados mais rentáveis Fajerman disse ainda que a Varig pretende se concentrar nos mercados mais rentáveis a partir do fim do acordo operacional com a TAM. Segundo ele, a companhia aérea está dando o maior foco nos vôos da ponte aérea Rio-São Paulo, nos vôos domésticos em direção aos aeroportos de Guarulhos e Galeão, que alimentam seus vôos internacionais, além do tráfego para o Nordeste e entre outras capitais. O executivo confirmou que a empresa não fará mais ligações para as cidades de Campo Grande, Cuiabá, Palmas, Uberlândia e Santarém. Fajerman acredita que o fim do acordo não terá impacto negativo para a empresa. Ele explica que, quando o acordo foi criad,o há dois anos, as condições de mercado eram outras e ele (o acordo) era encarado como um passo inicial de uma futura fusão, que acabou não ocorrendo. O executivo destacou por exemplo que o tráfego aéreo já cresceu 20% desde então.

Agencia Estado,

02 Maio 2005 | 16h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.