Varig diz que vai devolver aviões da Boeing amanhã

A assessoria de comunicação da Varig informou hoje que, atendendo a uma decisão judicial nos Estados Unidos, a empresa irá tirar de operação amanhã sete jatos arrendados da Boeing. Na sexta-feira, a Boeing obteve na Justiça americana o direito de retomar sete aviões da Varig. Segundo a decisão judicial, a companhia aérea teria de entregar imediatamente os aviões que estão em operação. As aeronaves que estiverem em manutenção deveriam ser entregues até o início de julho. De acordo com a Varig, o departamento de planejamento de vôo da companhia está decidindo como será feito o remanejamento dos vôos que estavam programados para serem realizados com as aeronaves. Na prática, a Justiça americana concedeu à Boeing o direito de arrestar os aviões que estão sendo usados pela Varig. Os aviões eram alugados, mas o pagamento estava atrasado. A Boeing desistiu de esperar as negociações no Brasil. A medida representa um duplo golpe contra a companhia aérea. Além de perder os aviões, a decisão abre caminho para outras empresas retomarem seus aviões na Justiça americana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.