Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Varig diz ter retomado negociações com credores

O presidente interino da Varig, Manuel Guedes, disse que retomou nesta sexta-feira as negociações com os credores da empresa. Na prática, o executivo não considera a proporção entre o faturamento do grupo, de US$ 3 bilhões, e o endividamento tão elevado. O problema maior, argumenta, é o prazo do vencimento das dívidas e os custos.Segundo ele, por isso é necessário estancar o endividamento, alongar os prazos e reduzir os custos da dívida. Além da renegociação com os credores, Guedes está disposto a retomar os entendimentos com potenciais investidores no grupo aéreo.A Varig terá de apresentar ao BNDES um projeto de renegociação ampla com os credores sobre o passivo financeiro para dar continuidade ao processo da recapitalização da empresa, em análise na instituição desde março. Esta foi a condição básica definida pelo BNDES em correspondência enviada hoje a Guedes. "A correspondência traz as condições necessárias para o BNDES dar continuidade ao processo", informou Guedes.Segundo o executivo, o banco demonstrou interesse em dar encaminhamento à análise e a companhia aérea vai buscar atender as condições. A Fundação Rubem Berta voltou a reiterar, esta semana, que está disposta abrir mão do controle da Varig, que já dispensou cerca de 1,4 mil pessoas este ano.

Agencia Estado,

29 de novembro de 2002 | 20h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.