Varig e American Airlines vão vender passagens conjugadas

Com acordo, passageiros poderão voar com apenas um bilhete em vôos feitos em parceria pelas companhias

Alberto Komatsu, de O Estado de S. Paulo,

11 de julho de 2008 | 11h40

A Varig e a American Airlines anunciaram nesta sexta-feira, 11, um acordo que permite a venda de passagens conjugadas. Com esse acordo, o passageiro não precisa mais comprar duas passagens de companhias diferentes se optar por destinos que fazem parte da parceria entre a American e a Varig. As bagagens também poderão ser retiradas apenas no destino final mesmo se a viagem tiver conexão. "Antes um passageiro de Nova York que quisesse ir até Manaus precisaria comprar um bilhete da American até São Paulo e depois um bilhete da Varig até Manaus, por exemplo. Hoje, com esse acordo, ele viajará com apenas um tíquete", afirmou Erli Rodrigues, diretor-geral da American Airlines no Brasil, por meio de comunicado. A American Airlines opera 53 vôos semanais entre o Brasil e os Estados Unidos. São vôos diários partindo de São Paulo e do Rio para Nova York, Miami e Dallas. A Varig, por sua vez, opera 140 vôos diários para 14 destinos nacionais e quatro cidades na América do Sul (Caracas, Bogotá, Buenos Aires e Santiago). O único destino intercontinental da Varig é Paris, mas a companhia vai deixar de operar para a capital francesa em agosto.

Mais conteúdo sobre:
AviaçãoAmerican AirlinesVarig

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.