Juros

E-Investidor: Esperado, novo corte da Selic deve acelerar troca da renda fixa por variável

Varig e TAM iniciam vôos compartilhados no dia 10

A TAM e a Varig começam no dia 10 a trabalhar em sistema de code-share (compartilhamento mútuo de assentos) em 113 vôos diários para nove destinos. Esta será primeira ação conjunta após a assinatura do protocolo de entendimentos, que poderá resultar na criação de uma holding, unindo as duas maiores companhias aéreas do País. Serão incluídos os aeroportos de Congonhas (São Paulo), Santos Dumont (Rio de Janeiro), Porto Alegre, Pampulha (Belo Horizonte), Florianópolis, Curitiba e Vitória. Nos horários de pico, na ponte aérea Rio-São Paulo, entre Congonhas e Santos Dumont, haverá vôos da Varig e da TAM partindo com intervalos de 15 minutos. As duas empresas informaram que vão manter seus respectivos canais de distribuição, centrais de reservas, balcões de check-in, lojas e salas de embarque. Nas rotas compartilhadas, elas vão utilizar os aviões Airbus A-319 e A-320 (da TAM) e os Boeings 737-300 (da Varig). As medidas têm por objetivo eliminar a sobreposição de vôos nos aeroportos centrais, enxugando a oferta. Na ponte aérea, haverá 42 vôos compartilhados. Juntas, TAM e Varig têm 70% do mercado doméstico de passageiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.