Varig já entregou nova malha de vôos à Justiça

O juiz Luiz Roberto Ayoub, responsável pela recuperação judicial da Varig, disse nesta quinta-feira que recebeu da companhia aérea, na última quarta-feira, as informações sobre a malha de vôos que a empresa pretende ter. Segundo Ayoub, ele repassou o material para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O juiz afirmou que ainda não viu o plano da malha. Ayoub deu as declarações em rápida conversa com jornalistas ao deixar a Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ) onde foi prestigiar a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ellen Gracie, que deu palestra. A notícia foi dada na mesma semana que dados da Anac mostraram que a TAM ultrapassou pela primeira vez na história da aviação brasileira - e de longe - a Varig como principal empresa de transporte de passageiros no mercado internacional. Em julho, a participação da TAM no número de passageiros transportados por quilômetro em linhas internacionais subiu para 52,64%, bem mais que o dobro dos 20,73% de participação em igual mês de 2005. A Varig, por outro lado, despencou a sua fatia para 29,96% - quase um terço dos 74,84% de participação que detinha em julho de 2005. Apesar de ter perdido participação, a Varig se manteve na liderança no que diz respeito aos dados acumulados de janeiro a julho do ano passado. Nos sete primeiros meses deste ano, a queda foi de 78,5% para 63,62%, na comparação entre o mesmo período do ano passado. A TAM, por sua vez, elevou a participação para 28,52% (ante 16,92% em igual período de 2005) no período, permanecendo no segundo lugar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.