Varig precisa pagar R$ 46 milhões à Infraero na próxima semana

A Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) informou que a Varig precisa pagar à estatal R$ 46 milhões na próxima semana. Esse valor é referente a taxas de embarque pagas pelos passageiros e que devem ser repassadas para a estatal. A empresa depositou na terça na conta da Infraero R$ 9 milhões, depois de ter suspenso os pagamentos. De acordo com a Infraero, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) está criando um plano de contingência que prevê o destino das áreas de hangares e balcões da Varig nos aeroportos, caso a empresa pare de operar. Há um grande interesse das outras companhias em ocupar essas instalações. O consultor da Bain & Company, Carlos Alberto Miguel, avalia, porém, que pode haver atraso na entrega dessas áreas, da mesma forma que ocorreu com a Transbrasil e a Vasp. A Transbrasil, que paralisou as operações em dezembro de 2001, não teve até hoje sua falência decretada e vive em guerra jurídica com a Infraero. "Com base no que ocorreu com a Transbrasil e a Vasp, avalio que, em caso de paralisação da Varig, a entrega das áreas não seria feita facilmente", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.