coluna

Louise Barsi: O Jeito Waze de investir - está na hora de recalcular a sua rota

Varig retoma vôos para Curitiba, Brasília, Fernando de Noronha e Caracas

A Varig voltou a operar vôos para Curitiba, Brasília, Fernando de Noronha e, de domingo a sexta-feira, Caracas, na Venezuela. De acordo com uma nota divulgada pela empresa nesta quinta-feira, 31, a partir de agora a Varig passa a operar dez vôos nacionais e três internacionais. A retomada dos vôos só foi possível porque a empresa incluiu quatro novos aviões à frota. Atualmente, a empresa opera 36 vôos por dia na ponte-aérea Rio-São Paulo, além de freqüências diárias para Porto Alegre, Manaus, Salvador, Fortaleza, Recife, Buenos Aires e Frankfurt.Ainda de acordo com informações divulgadas na nota da Varig, a aérea espera a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) liberar a concessão "para iniciar um plano mais agressivo de retomada de suas rotas, adquiridas no leilão de 20 de junho". Há planos de adquirir 50 novos aviões, de médio e grande portes.Para reconquistar mercado, a Varig adotou política de descontos nos vôos para novos destinos. De São Paulo para Brasília, por exemplo, a passagem custará R$ 159,00 (em cada trecho). Para Caracas, até o dia 25 de setembro, os bilhetes custam US$ 690,00 (ida e volta) para as saídas do Rio ou de São Paulo e US$ 348 (ida e volta), a partir de Manaus. Para Buenos Aires, até o dia 16 de setembro, a empresa tem promoção de US$ 238,00 para vôos saindo de São Paulo (ida e volta) e US$ 273,00, a partir do Rio de Janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.