bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Varig tem problemas com câmara de compensação no Brasil

Fonte do setor aéreo informa que a Varig está tendo problemas com a câmara de compensação de passagens aéreas no Brasil. Essa câmara é comandada pelo Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea) e trata-se de um acordo multilateral de aceitação recíproca de bilhetes aéreos. Pelo sistema, toda a empresa aérea participante do acordo pode aceitar o cliente de qualquer outra companhia, desde que haja concordância com o preço de comercialização da passagem.O problema é que a Varig não está fazendo o pagamento na câmara e pode ter dificuldade em endossar a passagem para que outra concorrente transporte o passageiro. Sem o endosso, a outra companhia não tem garantia de que receberá o valor correspondente da Varig pelo serviço prestado. Segundo a fonte, situação semelhante ocorreu com a Vasp poucos dias antes da paralisação das suas operações, em janeiro de 2005.No entanto, a atuação do governo federal pode minimizar os obstáculos para os passageiros. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) já negociou em especial com representantes da TAM e da Gol o embarque emergencial de passageiros da Varig pelo menos até sexta-feira que vem. Já no ambiente internacional, a situação é mais incerta, pois a Varig saiu da câmara de compensação de passagens da entidade International Air Transport Association (IATA) também por falta de pagamento.Com isso, somente as companhias da aliança internacional da Star Alliance tendem a aceitar bilhetes da Varig, já que a brasileira é uma das fundadoras dessa aliança. Fazem parte da Star Alliance 18 grandes empresas, como a Lufthansa, a TAP, a United Airlines, a Swiss e a Us Airways, entre outras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.