VarigLog faz novo depósito para manter funcionamento da Varig

A VarigLog fez nesta terça-feira um novo depósito para os gastos correntes da Varig. A assessoria de imprensa da empresa confirmou a operação mas não comentou o valor, que seria, entretanto, "suficiente para garantir o fluxo de caixa da Varig por 24 horas". De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, o primeiro depósito feito pela VarigLog, na segunda-feira, com o mesmo objetivo teria sido de U$S 3 milhões.Na semana passada, a VarigLog fez uma proposta de US$ 500 milhões pela companhia aérea e aguarda uma resolução judicial. A VarigLog decidiu antecipar recursos para a Varig apesar da Justiça ainda não ter dado o aval sobre a viabilidade da proposta de compra. A previsão é de que o juiz Luiz Roberto Ayoub, da 8ª Vara Empresarial do Rio, se posicione sobre a questão nesta quarta-feira. O juiz Paulo Roberto Fragoso, que também responde pela recuperação judicial da Varig, afirmou nesta segunda-feira que a intenção da Justiça é marcar um novo leilão para a próxima semana. "Os prazos legais não serão respeitados devido à urgência", disse.Negociações A assessoria da ex-subsidiária da Varig esclareceu que é a própria companhia aérea, através de seu departamento jurídico, e não a Varig Logística ou sua nova controladora, a Volo Brasil, que estaria negociando nos Estados Unidos com as empresas de leasing (aluguel) internacionais um prazo maior de pagamento da dívida, segundo informações da Agencia Brasil.Segundo a assessoria, cabe à Varig dar seguimento a essas negociações, que poderiam, porém, se ancorar em apoios de terceiros investidores interessados. A ex-subsidiária da Varig, VarigLog, foi vendida no início deste ano para a Volo Brasil, formada por empresários brasileiros e pelo fundo de investimento americano Matlin Patterson. Vôos canceladosEntre a zero hora desta terça-feira até as 8h da manhã, a Varig cancelou cerca de 66% dos vôos que estavam programados. Segundo dados da Infraero, estatal que administra os aeroportos brasileiros, foram cancelados 70 vôos pela companhia, de um total de 105 previstos entre nacionais e internacionais. Entre os 84 domésticos, 62 foram cancelados e dos 21 internacionais, oito foram suspensos

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.