Vazamento de informações preocupa multinacionais

Atividades de hackers e vazamento de informações confidenciais são os fatores que mais atormentam os executivos das grandes multinacionais de França, Alemanha, Itália, Japão, Reino Unido e Estados Unidos para este ano. A informação, divulgada hoje em Davos pela companhia resseguradora suíça Swiss Re, aponta ainda que a preocupação também abrange o poder destrutivo dos vírus, a pirataria, as cópias ilegais e os processos de armazenamento de dados.Em segundo lugar, os responsáveis empresariais, especialmente os do setor financeiro, apontaram sua preocupação frente aos desafios de Governo corporativo, assunto que inquieta menos os relacionados com o setor manufatureiro. Na opinião da companhia, os resultados da pesquisa refletem que é necessário fazer reformas legislativas e de regulamento em grande escala, para que as seguradoras possam enfrentar com garantias os novos desafios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.