Divulgação
Divulgação

Veículos de Eike Batista vão a leilão para pagamento de dívidas

Bens do empresário, que é réu de processos por crimes contra o mercado financeiro, serão leiloados para pagamento de multas e indenizações em caso de condenação

O Estado de S. Paulo

24 Fevereiro 2015 | 12h36

Os bens de Eike Batista confiscados pela Polícia Federal no início do mês irão a leilão na quinta-feira, 26, para pagamento de multas e indenizações caso o ex-bilionário seja condenado por crimes contra o mercado financeiro. O empresário é réu de processos por manipulação de mercado e uso de informação privilegiada em negociações de papéis da OGPar (a antiga petroleira OGX) e da empresa de construção naval OSX. 

A previsão é de que cinco veículos sejam leiloados. Entre os bens ofertados está um Lamborghini 2011/2012, cujo lance mínimo é de R$ 1,62 milhão. Três Hilux blindadas do ex-bilionário estão avaliadas entre R$ 45 mil e R$ 50 mil e um Smart Fortwo 2009 vale cerca de R$ 30 mil.

O objetivo é reter até R$ 3 bilhões em ativos financeiros e imóveis de Eike, dos dois filhos mais velhos do empresário (Olin e Thor), da mãe deles e ex-mulher de Eike, Luma de Oliveira, e de sua atual mulher, Flávia Sampaio. Isso para garantir o pagamento de indenizações e multas, no caso de condenação do empresário. No ano passado, já tinham sido bloqueados R$ 239 milhões, mas o valor foi agora ampliado e a ação estendida aos familiares de Eike.

O leilão ocorrerá às 16h, no Átrio da Justiça Federal, que fica na avenida Venezuela, 134, centro do Rio. Caso não haja ofertas, foi determinada uma segunda data de pregão, no dia 9 de março, no mesmo horário e local. Neste caso, os lances não podem ser inferiores a 80% do valor de avaliação. O juiz justificou a alienação antecipada para preservar o valor dos bens.

A visitação aos bens está aberta no pátio da Justiça Federal do Rio.

Mais conteúdo sobre:
Eike Batistamercado financeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.