Veja como escolher uma boa academia de ginástica

Com a chegada do verão, as pessoas começar a ficar preocupadas com a forma física e a estética. A procura pelas academias de ginástica nesta época do ano normalmente aumenta bastante. Porém, segundo os especialistas de educação física, para escolher uma boa academia o consumidor precisa estar atento a alguns pontos, como: qualificação dos profissionais, localização, atividades e modalidades oferecidas, infra-estrutura, higiene, horários e preços.A diretora técnica da Runner, Andreia Vidal, ressalta que um dos requisitos mais importantes é a localização da academia. "A academia ideal deve ser aquela que fica perto da casa ou do trabalho do aluno. Assim, facilita a freqüência nas aulas e treinos", avalia. Andreia destaca que os alunos que escolhem academias fora de seu roteiro diário e longe de suas casa ou trabalho acabam desistindo por causa do trânsito caótico da cidade ou mesmo por preguiça.Outro ponto importante na escolha da academia é a qualificação de seus profissionais e de seus serviços. O coordenador da Fórmula Academia, André Passoni, alerta que os professores e orientadores de academias devem ser formados em educação física e registrados no Conselho Regional de Educação Física (CREF). "Além da formação e do registro, o profissional e as academias devem sempre investir no planejamento de novas aulas e na motivação dos alunos", explica o coordenador da Fórmula Academia.Passoni avalia que o bom atendimento é primordial. O coordenador da Fórmula Academia destaca que a relação professor-aluno é importante para que as pessoas consigam resultados satisfatórios, diminuindo o índice de rotatividade e desistência. "O aluno que está iniciando em uma academia acaba desistindo se não encontra um ambiente de motivação e não recebe atenção adequada dos orientadores", explica. Avaliação física e médicaA diretora da Runner aconselha o consumidor a optar pelas academias que tenham uma equipe de médicos, nutricionistas e profissionais que auxiliam no desenvolvimento e no resultado de atividades físicas. "O consumidor deve dar preferência às academias que exigem uma avaliação física e médica antes da matrícula. Esta avaliação evita riscos à saúde", alerta Andreia Vidal. Ela destaca que a avaliação física facilita o controle dos exercícios e melhores resultados, de acordo com a necessidade de cada aluno.Infra-estruturaA assessora corporativa da Cia. Atlhetica, Patrícia Lobato, considera como principal ponto na escolha de uma boa academia a infra-estrutura oferecida, como salas de aula, equipamentos, vestiários, quadras, estacionamento, higiene, ventilação, iluminação, pisos adequados. Patrícia também destaca os serviços agregados que trazem comodidade aos freqüentadores, como nutricionistas, atividades estéticas, restaurante, lanchonete, fisioterapia, entre outros.Para o coordenador da Fórmula Academia, o que diferencia as academias é a orientação preliminar oferecida pelo professores. "Equipamentos de última geração, atividades diferentes ambientes amplos e infra-estrutura completa todas as grandes e boas academia oferecem. A principal diferença é atenção e a orientação que o aluno recebe", avalia Passoni.A diretora da Runner também acredita que equipamentos caros não devem ser um fator decisivo na escolha da academia. "É importante ter bons equipamentos e bons orientadores, pois não adianta ter tecnologia e saber transformar isso em resultado para os alunos", alerta Andreia Vidal. Ela indica ao consumidor consultar amigos e parentes que fazem aula ou treinam na academia como referência.Confira na matéria a seguir os preços, promoções, planos de pagamento e atividades de algumas das academias de São Paulo.

Agencia Estado,

27 de novembro de 2001 | 16h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.