Veja como resolver problemas com <BR> passagens da Vasp

Passageiros da Vasp que não conseguirem embarcar têm como primeira alternativa recorrer a outra companhia aérea. Para que isso aconteça, a passagem precisa ser endossada pela Vasp. Algumas empresas, como a Varig e a Gol, já anunciaram que não estão aceitando mais passagens endossadas pela Vasp (veja mais informações no link abaixo). ?Neste caso, cabe à Vasp negociar e encontrar uma maneira para que o passageiro possa embarcar. Esta obrigação é da Vasp?, afirma a assistente de direção do Procon-SP, Sonia Cristina Amaro.Segundo ela, além de garantir que o passageiro embarque em outra companhia, a Vasp deve arcar com todas as despesas que o passageiro possa ter com hospedagem e alimentação, até que o problema seja resolvido. ?Se o embarque em outra empresa demorar muito e o passageiro precisar ficar em um hotel enquanto aguarda, as despesas devem ser totalmente pagas pela Vasp, inclusive alimentação e transporte entre o aeroporto e o hotel?, diz Sonia Cristina.A assistente do Procon destaca também que, caso o passageiro não consiga embarcar pela Vasp e não queira viajar por outra companhia, ele pode ainda solicitar o reembolso do valor pago pela passagem. ?Se a compra foi feita na Vasp, o passageiro deve entrar com o pedido diretamente na empresa. Caso o bilhete tenha sido adquirido em uma agência de turismo, o problema pode ser resolvido pelo operador.?Sonia Cristina lembra que, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, as agências de turismo têm ?responsabilidade solidária?. Isso significa que, em relação ao problema da Vasp, as agências de turismo têm a obrigação de ajudar o passageiro a conseguir seu dinheiro de volta, caso ele decida solicitar o reembolso do valor pago pela passagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.