Estadão
Estadão

Veja o que muda no pagamento das domésticas a partir desta quinta-feira

Simples Doméstico começa a valer nesta quinta-feira e com ele passa ser obrigatório o pagamento do FGTS; veja as principais dúvidas

O Estado de S. Paulo

30 Setembro 2015 | 12h48

O Simples Doméstico, sistema unificado de pagamento de tributos e encargos de trabalhadores domésticos, entra em vigor nesta quinta-feira, 1º de outubro, ainda suscitando muitas dúvidas entre os empregadores. Entre os impostos e encargos a serem pagos estão o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), o seguro contra acidentes e a rescisão contratual. 

O novo sistema também altera algumas regras. O FGTS, antes facultativo, passa a ser obrigatório. Ao mesmo tempo, o recolhimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que até hoje era de 12%, foi reduzido por conta dos novos tributos. 

Segundo o governo, dos 6 milhões de trabalhadores domésticos no País, em torno de 2,1 milhões têm carteira assinada. Confira as principais dúvidas sobre o Simples Doméstico. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.