Veja os ADRs em destaque no mercado

Diante de um universo de mais de 70 companhias nacionais com programas de American Depositary Receipts (ADR) lançados nos Estados Unidos, o investidor deve se perguntar como escolher uma ação que possa ter bons rendimentos futuros. Gregório Mancebo, da Socopa Corretora, diz que é preciso avaliar os fundamentos da companhia: conhecer as perspectivas de crescimento, projetos futuros e as contas da empresa. Qualquer que seja a decisão, o investidor terá um papel com grande liqüidez.Entre as grandes exportadoras brasileiras que tem ADR, Mancebo sugere Vale do Rio Doce, Siderúrgica de Tubarão e Weg. Fora esses papéis, ele indica Ambev, que lançou seu programa em setembro. Segundo o analista, o fato de a empresa estar reduzindo custos contribui para valorização do papel no próximo ano. Em 2000, a variação da ação está em 44,7% e da ADR, 50%.O setor de telecomunicações também pode oferecer boas oportunidades de compra. As ações da Brasil Telecom Participações estão com preço bastante atrativos, conforme avaliação dos analistas do Banco Brascan, Susana Salaru e Jair Santiago. Na última sexta-feira, a cotação na Bovespa era de R$ 19,00 e seu preço alvo de R$ 40,30. A Embratel que vinha apresentado desempenho ruim, também já ameaçou reação na semana passada. Empresas tradicionais, como Petrobrás, Companhia Siderúrgica Nacional, Unibanco e Votarantim também são boas opções. Na avaliação do vice-presidente do The Bank Of New York, Rene Boettcher, uma das empresas que vem ganhando destaque na Bolsa de Valores de Nova York é a Petrobrás. Segundo estudo da Economática, só em agosto, mês de lançamento de ADRs correspondentes às ações ordinárias, a empresa apresentou o maior volume de negócios entre as companhias brasileiras (US$ 1,89 bilhão). Enquanto isso, na Bovespa, o volume de ações da empresa negociadas foi de US$ 1,01 bilhão. Telemar, Embratel e Telesp Celular também vêm registrando números significativos na Bolsa de Nova York

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.