Veja os países que têm a conta de luz mais barata que a do Brasil

Chile, Estados Unidos e Bélgica estão no ranking, segundo levantamento da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro

O Estado de S. Paulo,

19 de fevereiro de 2014 | 14h39

Mesmo com o pacote de 2012 para reduzir o custo da eletricidade, o Brasil ainda tem a 11.ª tarifa mais elevada do mundo, com R$ 292,7 por MWh, segundo o levantamento da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). O valor é 8,8% superior à média de uma lista de 28 países selecionados pela entidade, que mantém uma espécie de "custômetro" da energia, permanentemente atualizado. Antes das medidas adotadas pela presidente Dilma Rousseff, o Brasil estava na quarta posição.

Na comparação internacional, o Brasil saiu do quarto mais caro para o 11.º lugar entre 28 países concorrentes, avançando sete posições, de acordo com levantamento deste mês. 

Veja os 10 países que têm a conta de luz mais cara do mundo:

1.º Índia - R$ 630,9 por MWh

2.º Itália - R$ 500,5 por MWh

3.º Singapura - R$ 460,2 por MWh

4.º República Tcheca R$ - 398,3,9 por MWh

5.º Turquia R$ - 393,9 por MWh

6.º Colômbia - R$ 376,9 por MWh

7.º El Salvador - R$ 348,1 por MWh

8.º México - R$ 322,4 por MWh

9.º Portugal - R$ 321,6 por MWh, 

10.º Japão - R$ 292,8 por MWh

Veja, agora, a lista dos países com tarifas mais baratas

12.º Chile - R$ 284,8 por MWh

13.º Espanha - R$ 280,2 por MWh

14.º Alemanha - R$ 263,4 por MWh

15.º Costa Rica - R$ 253,1 por MWh

16.º Uruguai - R$ 249,5 por MWh

17.º Reino Unido - R$ 242 por MWh

18.º Bélgica - R$ 206,9 por MWh

19.º China - R$ 201,4 por MWh

20.º Coréia do Sul - R$ 201,3 por MWh

21.º França - R$ 189, 1 por MWh

22.º Holanda - R$ 188,7 por MWh

23.º Rússia - 150,3 por MWh

24.º Estados Unidos - R$126,1 por MWh

25.º Canadá - R$ 114 por MWh

26.º Equador - R$ 112,2 por MWh

27.º Paraguai - R$ 97,8 por MWh

28.º Argentina - R$ 57,6 por MWh

Brasil. De acordo com os dados mais recentes, o Amapá apresenta o menor custo de energia do país, de R$ 159 por MWh. Em seguida, aparece Roraima, com custo de energia a R$ 229,39 por MWh para as indústrias do estado. O custo mais alto do país é de Tocantins, com tarifa de R$ 403,91. 

O Rio de Janeiro ocupa o 5.º lugar entre as tarifas mais caras do Brasil: R$ 343,45. São Paulo está na 18.ª posição, com preço mais competitivo, de R$ 273,11, mas ainda atrás do Rio Grande do Sul (R$ 266,49), Bahia (R$ 256,11) e Distrito Federal (R$ 248,98).

 

Tudo o que sabemos sobre:
energiaindustria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.