Velocidade da queda dos juros está ótima, diz Banco Central

Os diretores do Banco Central consideram "ótimo" o ritmo atual da queda dos juros, segundo a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) divulgada nesta quinta-feira.Na avaliação da maioria deles o corte de 0,5 ponto percentual na taxa Selic era a "decisão adequada, dado que corresponderia melhor à velocidade ótima de implementação desse processo de flexibilização e contribuiria para aumentar a magnitude do ajuste total a ser implementado".Os dois votos dissidentes da última reunião do Copom, que votaram pela redução da Selic em 0,75 ponto percentual, avaliaram que um corte maior no juro "proporcionaria uma sinalização mais condizente com o atual balanço de riscos entre atividade e inflação".A ata avalia que a atuação "cautelosa" na política monetária "tem sido fundamental para aumentar a probabilidade de convergência da inflação para a trajetória das metas". O documento ressalva, entretanto, que "é preciso que os indicadores de inflação sigam apresentando elementos compatíveis com o cenário benigno que tem se configurado nos últimos meses".Para a diretoria do BC, a inflação dentro as metas e a consolidação da estabilidade econômica contribuirão para a redução do risco Brasil que já vem ocorrendo. A conseqüência disso para o Copom é que "o espaço para juros reais menores no futuro continuará se consolidando de forma natural", sem que coloque em risco as conquistas no combate à inflação "e na preservação do crescimento econômico com geração de empregos e aumento da renda real".Na última reunião, o Copom reduziu em 0,5 ponto percentual a taxa Selic, para 18% ao ano, por 6 votos a 2. Foi a quarta redução consecutiva da Selic em 0,5 ponto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.