Vencimento cambial deve centrar atenções

O mercado de câmbio deve concentrar atenções nos movimentos em torno da formação do ptax (taxa média de câmbio diária) que servirá para a liquidação do vencimento de US$ 3,6 bilhões em títulos e contratos atrelados à variação do dólar de amanhã. Desta vez, o BC conseguiu rolar 53,5% dessa dívida, parcela maior do que nos últimos vencimentos. Mas, como o volume do vencimento também é maior, isso significa que cerca de US$ 1,6 bilhão terá de ser honrado. Isso tem sido suficiente para ajudar a pressionar as cotações do dólar há pelo menos uma semana e deve ser o bastante para criar oscilações nas transações de hoje. Porém, o mercado está mais cauteloso e reticente do que nas vésperas dos últimos vencimentos. E a mostra disso é a sinalização de que o dólar abriu em ligeira queda, devendo operar próximo à estabilidade.Na abertura dos negócios, às 9h29, o dólar comercial estava sendo vendido a R$ 3,8400, em queda de 0,26% em relação ao fechamento de ontem. Veja aqui a cotação do dólar dos últimos negócios. Já no mercado de juros, os contratos de DI futuro com vencimento em janeiro de 2003, negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), pagavam taxas de 25,600%, estável em relação ao fechamento de ontem. Os especialistas explicam que as medidas tomadas pelo BC na sexta-feira deixaram as tesourarias com pouco dinheiro para "operar a ptax". Além disso, os investidores avaliam que, depois das medidas de sexta-feira e da alta do juro, o BC não hesitará em completar as medidas com uma atuação mais forte no pronto hoje, caso sinta que as tesourarias estão tentando formar uma ptax conveniente e artificial para a liquidação do vencimento. Em meio a esse jogo, o mercado nem presta atenção no resultado da pesquisa Ibope divulgado ontem. O consenso é de que o resultado desse levantamento só confirma os dois anteriores (Vox Populi e Datafolha) e, portanto, já estaria embutido nos preços. Pelo Ibope, Lula está com 60% das intenções de voto contra 31% de Serra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.