Venda de alimento industrializado cresce 9,5% em 2007

As vendas de alimentos industrializados crescerão 9,5% este ano, chegando a R$ 228 bilhões, segundo estimativas da Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (Abia). No ano passado, foram comercializados R$ 208,4 bilhões no setor. Entre janeiro e novembro de 2007, o faturamento da indústria alimentícia cresceu 4,48% em comparação ao mesmo período de 2006. As vendas reais tiveram um incremento de 2,26%. A Abia não divulgou os volumes de vendas, apenas os porcentuais.O número de empregos também cresceu no setor. Até novembro, houve um aumento de 55 mil postos de trabalho sobre a base de 1,3 milhão de funcionários de 2006. O salário médio real subiu 4,6%. A indústria de alimentos opera com ocupação de 76% da capacidade instalada.Para 2008, as previsões também são otimistas. De acordo com estimativas do Departamento de Economia e Estatística da Abia, a produção de alimentos crescerá 4,5% a 5% devido à melhoria da safra agrícola."Apesar de existirem desafios a serem vencidos, há um potencial de aumento também para os próximos anos. Porém, é necessário que cresçam as exportações de artigos com valor agregado", afirmou por meio de nota o presidente da Abia, Edmundo Klotz. O setor alimentício é a segunda indústria de transformação do País, atrás apenas do setor petroquímico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.