R$ 1,57 bi

E-Investidor: Tesouro Direto atrai mais jovens e bate recorde de captação

Venda de autopeças deve recuar 29% no 1º trimestre

Uma pesquisa realizada pelo Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças) com 93 empresas, que representam 42% do faturamento total do setor, mostra que o faturamento real caiu 29,2% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. As informações foram coletadas entre os dias 18 de fevereiro e 6 de março.A ociosidade do setor de autopeças, que chegou a 30% em janeiro, caiu para 27% em fevereiro e agora em março está em 20%. O setor cortou cinco mil vagas de trabalho entre o final de dezembro e março, saindo de um total de 208 mil para 203 mil. A maioria das demissões ocorreu em janeiro.A pesquisa mostra ainda que o setor encerrou o primeiro bimestre de 2009 com saldo negativo na balança comercial, de US$ 455 milhões. Nesse período, foram exportados US$ 794 milhões ante US$ 1,249 bilhão de importações.2008Dados preliminares do Sindipeças indicam que o setor encerrou 2008 com faturamento de R$ 72 bilhões, um crescimento de 5,4% em relação a 2007. Os investimentos somaram US$ 1,6 bilhão no ano passado, alta de 15,5% sobre o ano anterior.As exportações de autopeças feitas por fabricantes e também por montadoras e revendedoras independentes somaram US$ 10 bilhões em 2008, com expansão de 10,3% sobre 2007. As importações totalizaram US$ 12,6 bilhões, expansão de 36,8% em relação ao ano anterior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.