Venda de carro importado mais que duplicou em 2007

Vendas cresceram 111,9% em 2007. É o melhor resultado dos últimos seis anos

AE, Agencia Estado

10 de janeiro de 2008 | 16h44

As vendas das empresas filiadas à Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores (Abeiva) cresceram 111,9% em 2007, em relação ao ano anterior, totalizando 12.491 unidades no atacado. O resultado é o melhor dos últimos seis anos. Em 2001, as vendas foram de 17.086 unidades.Em dezembro passado, os importadores colocaram na rede autorizada de concessionárias das seis empresas associadas 1.666 unidades, volume 8,41% inferior ao mês de novembro e 233% superior a dezembro de 2006.Do total importado no ano passado, a Kia Motors respondeu por 72% (9.005 veículos), seguida por BMW, com 21,6% (2.707 unidades), Porsche com 3,6% (459 carros), Ssangyong com 2,1% (265 unidades), Ferrari com 0,3% (30) e Maserati 0,2% (25).Em nota ,o presidente da entidade, José Luiz Gandini, disse que meta do setor é ultrapassar o ano de 2001 (até agora o melhor do setor no País). "Caso seja mantido o ritmo de vendas do último quadrimestre de 2007, certamente podemos chegar a 22 mil unidades este ano, o que nos proporcionaria um aumento de 76% em relação a 2007", avalia.ProjeçõesA projeção da BMW para 2008 é alcançar vendas de 2.900 unidades, enquanto a Ferrari projeta a comercialização de 35 automóveis no País. Já a Kia Motors prevê a venda de 18 mil veículos, enquanto a Maserati espera vender 40 unidades em 2008. A projeção da Porsche é alcançar a venda de 500 carros e a da Ssangyong é de 1.200 carros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.