Venda de carro usado aumentou 28%

As vendas de carros usados nas lojas independentes - não ligadas às concessionárias - bateram novo recorde em maio no Estado de São Paulo. Foram comercializadas 67.767 unidades, o melhor resultado mensal desde 1993, quando os lojistas passaram a divulgar seus balanços. Em relação a abril, as vendas aumentaram 0,81%. Foi o 19º mês consecutivo de crescimento no setor. Em relação ao mesmo mês do ano passado, o resultado de maio foi 28% superior. Apesar do desempenho favorável, o presidente da Associação dos Revendedores de Veículos Automotores no Estado de São Paulo (Assovesp), George Assad Chahade, disse que esperava acréscimo entre 3% e 4% ante abril, até porque as vendas de novos cresceram10,3% no varejo, totalizando 117.200 unidades.A alta dos juros verificada em maio, por conta das notícias de mudanças nas taxas nos Estados Unidos, espantou o consumidor, avaliou Chahade. Em maio, 60% dos veículos vendidos foram financiados, ante 65% no mês anterior. Hoje, os juros estão na casa dos 2,3% a 2,8% ao mês.No acumulado do ano, as vendas de usados somam 329.698 veículos, um crescimento de 38% na comparação com igual período do ano passado. Desse total, 191.275 são de modelos populares, que apresentaram vendas 54,37% melhores que em 1999. Chahade disse que o setor deve fechar o ano com vendas até 15% superiores às do ano passado, atingindo mais de 750 mil unidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.