Venda de carros cresce 30% em 1 ano e puxa comércio varejista

Varejo registra aumento de 8,7% em abril; além dos veículos, eletrodomésticos e móveis têm bom desempenho

Agência Estado,

17 de junho de 2008 | 09h08

As vendas do comércio varejista cresceram 8,7% em abril ante o mesmo mês do ano passado, segundo divulgou nesta terça-feira, 17, o IBGE. As expectativas iam de 6% a 11,20%, com mediana de 9,20%. Entre os segmentos, a maior variação nas vendas, na mesma base de comparação, foi apurada em veículos e motos, partes e peças (29,2%); seguido por móveis e eletrodomésticos (27,8%). O mesmo se repete na comparação com março: veículos e motos (2,7%); seguido de equipamentos de informática (2,0%).  Veja também:Venda de carros cai em maio, mas é recorde no anoEntenda os principais índices de inflação   Quando comparadas com março deste ano, as vendas do varejo aumentaram 0,2%, na série com ajuste sazonal. O resultado de abril ante março veio dentro das estimativas dos analistas ouvidos pela Agência Estado (-1,60% a 1,40%) e abaixo da mediana de 0,44%. De janeiro a abril, o comércio acumula uma expansão nas vendas de 11% ante igual período de 2007 e em 12 meses, de 10,3%.  Por outro lado, o pior desempenho, na comparação com abril de 2007, foi apurado em hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,6%). Já ante março, a menor variação ocorreu em outros artigos de uso pessoal e doméstico (que inclui lojas de departamento e teve variação de -1,0%).  O índice de média móvel trimestral das vendas do comércio varejista, considerado o principal indicador de tendência, registrou alta de 0,30% no trimestre encerrado em abril, ante o terminado em março.  O instituto fez também uma revisão nos resultados da série com ajuste sazonal, sendo que a variação do volume de vendas em março, ante fevereiro, passou de 1,8% apresentado anteriormente para 1,5%.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROVAREJOABRIL

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.