finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Venda de carros na China atinge maior nível em 9 meses

O volume de venda de carros na China atingiu em outubro o maior nível em nove meses em meio a sinais de que o crescimento econômico do país está encontrando um caminho mais estável.

LUCAS HIRATA, COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES NEWSWIRES, Agencia Estado

11 de novembro de 2013 | 12h09

De acordo com a associação de montadoras da China, as vendas de veículos de passageiros, como sedãs, utilitário esportivo (SUV), crossovers e minivans, totalizaram 1,61 milhão, uma alta de 24% ante o mesmo mês do ano passado. O volume de vendas de outubro foi o mais alto desde janeiro, quando as vendas de carros foram distorcidas por um importante feriado no país.

O número combinado de vendas de veículos de passageiros e comerciais chegou a 1,93 milhões, um avanço de 20%, segundo os dados da associação.

Nos primeiros 10 meses deste ano, as vendas de veículos de passageiros subiram 15%, para 14,46 milhões de veículos na China.

Algumas marcas que estão tentando aumentar sua presença na China tiveram fortes ganhos ao longo desse período. Devido à sua linha de SUV, a Ford e seus parceiros venderam 741.818 veículos na China nos primeiros 10 meses deste ano, um aumento de 52% em comparação com o ano anterior, e superaram os 626.616 veículos vendidos em 2012.

A Dongfeng Peugeot Citroën Automobile disse que vendeu 447.198 veículos no período de janeiro a outubro, um aumento de 26% ante o ano anterior, superando os cerca de 440 mil veículos vendidos em 2012 inteiro. A joint venture pretende vender 550 mil veículos na China este ano.

No mesmo período, as vendas da Hyundai Motor na China totalizaram 840.954 veículos, um aumento de 24% em relação ao mesmo período do ano anterior, disse a empresa.

Marcas japonesas também registraram fortes ganhos em comparação com baixos resultados das vendas do ano anterior, quando uma disputa diplomática entre Pequim e Tóquio prejudicou os fabricantes de automóveis japoneses. As vendas da Honda na China em outubro mais do que triplicaram para 75.150 veículos e as vendas da Nissan mais que dobraram para 114.700 veículos. A Toyota e seus parceiros venderam 82,4 mil veículos na China, um aumento de 81% na comparação anual.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaautomóveisvenda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.